Palavras que carinhosamente se reproduzem na alma e
depois repousam, sossegadas na minha mente.
Sobre etéreas pétalas de flores adormecem perfumadas ...
amadurecem e vestem-se de cores divertidas.
E pela minha mão nascem... só para ti.

domingo, 7 de outubro de 2007

O que faz a diferença

Reincidir no erro de querer controlar a vida dos que te rodeiam pode sair-te muito caro.

Paga-se muitas vezes com a solidão. Ninguém quer para companhia alguém que impõe a sua vontade a todo o custo, seja através da insinuação, da imposição ou da sugestão.

A empatia com outros, o envolvimento com as suas dores e alegrias leva-os a procurar o teu ombro. Para ti, é a certeza de que tocaste a vida de alguém, alguém que quando tu precisares vai sofrer, chorar ou até rir contigo. Dar-te ânimo, mandar-te um postal, um cd com as suas músicas preferidas, uma citação brilhante, ou simplesmente um caderno em branco para que escrevas o que te vai na alma.

Ter verdadeiros amigos, companheiros, irmãos é o que faz a vida ser grande e te diferencia daqueles que se escondem no seu casulo convencidos de que eles é que têm razão, mas afinal acordam um dia saboreando o amargo travo da solidão.

Dar-te aos outros, aceitá-los, guardar verdadeiramente nas tuas douradas memórias os pequenos mas significativos momentos passados a seu lado, isso sim constrói a amizade e dá sentido à tua vida como ser social.

Queria fazer campanha desta verdade que me tem sempre acompanhado e cimentado a minha felicidade.

"Ama a teu próximo como a ti mesmo" Jesus

Serás feliz assim. Eu sou.

4 comentários:

AGAPE disse...

MUITO LINDO OS SEUS TEXTOS.EM ESPECIAL GOSTEI MUITO DESTE.
PARABENS!!!


FELIZ 2008 PRA VC!

Objectivo Serenidade disse...

Obrigada pelas tuas palavras gentis.
Um abraço
Abigail

Anónimo disse...

Obrigada por vc existir :)

Abigail Macedo disse...

Eu é que agradeço a Deus, Estrela, por te ter conhecido e peço-Lhe que nos dê a oportunidade de aprofundar a nossa amizade e sabedoria para te poder apoiar nesta árdua tarefa que é enfrentar uma leucemia.
Um grande abraço, Amiguinha.