Palavras que carinhosamente se reproduzem na alma e
depois repousam, sossegadas na minha mente.
Sobre etéreas pétalas de flores adormecem perfumadas ...
amadurecem e vestem-se de cores divertidas.
E pela minha mão nascem... só para ti.

terça-feira, 15 de abril de 2008

Nenhuma dor será tão insuportável que me faça desistir...


Pedem-me com alguma insistência que escreva sobre os meus dias de tormento. Sobre os meses que passei no hospital combatendo uma leucemia grave e como consegui chegar até aqui tendo "passado pelo vale da sombra da morte, sem temer mal algum porque Deus está comigo".


Foi fácil. Foi muito fácil se comparado com o quão difícil está a ser relembrar tudo isso para pôr no "papel" para que outros possam ler. Cada palavra é um parto. Doloroso e recheado de gemidos daqueles que só Deus entende. Sinto esse dever. E como a maioria dos deveres, não é fácil de cumprir.


Lembrar as lágrimas da minha filha, ou o quase desitir de viver do meu filho; lembrar o metro e oitenta de marido que Deus me deu, completamente desorientado e desesperado, está a ser muito difícil.


Parece-me que que só agora esou a perceber a verdadeira prova que enfrentei quase sem dar por isso. Só agora entendo quão grata tenho de estar a Deus por me ter poupado destes sentimentos numa altura em que necessitava de todas as minhas energias para combater o "bichinho".


Percebo melhor do que nunca, melhor do que então, o bem que me fizeram as visitas dos amigos, os telefonemas diários, os sms's imparáveis, os livros, os postais, as cartas...


Percebo muito melhor agora o tesouro com que me presentearam, sem que eu entenda ainda por que o posso ter merecido.


está a ser muito difícil...

2 comentários:

raispartaomiudo disse...

Olá Abigail,
sabes como está a Eduarda?
raispartaomiudo.blogs.sapo.pt

Abigail Macedo disse...

Olá!
Graças a Deus a Eduarda está bem. Já tem dador e vai ser transplantada muito brevemente. Muito obrigada pelo teu interesse. Ela fica contente de saber que há tanta gente preocupada com ela.
Temos de pedir a Deus que a acompanhe neste processo para que tudo se combine no sentido da sua cura.
Um abraço
Abigail